Mestres da verdade invisível no arquivo da psiquiatria forense portuguesa

Acaba de sair na Imprensa da Universidade de Coimbra o meu livro Mestres da verdade invisível no arquivo da psiquiatria forense portuguesa. Trata-se da minha tese de doutoramento, defendida perante gente contrariada, junto do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa em 2006. O estudo resulta de uma investigação no arquivo da psiquiatria forense portuguesa na transição do século XIX, e tem por objectivo principal analisar a emergência e a consolidação das práticas forenses em Portugal. Mostro ao longo deste livro que a inflexão antropológica, sendo uma das mais importantes propriedades dos sistemas de atribuição de responsabilidade, foi uma realização de um novo dispositivo epistemológico e jurídico destinado a articular eficazmente lei e psiquiatria. O estudo apoia-se numa estratégia metodológica inspirada na perspectiva arqueológica-genealógica identificada por Michel Foucault. Entendo-o como um contributo para a história euro-americana das práticas biomédicas e forenses e para a compreensão da modernidade biopolítica. Contém ainda um epílogo onde situo as linhas de força do argumento, contextualizando o estudo por relação com o trabalho que já havia desenvolvido antes e com aquele que fui desenvolvendo entretanto. Um dos meus projectos recentes, que se prende com aquilo a que chamo de uma «ontologia histórica do cérebro», é aí esboçado, seguindo pistas de leitura que vão de Foucault, mais uma vez, a Ian Hacking e Paul Rabinow. Agradeço o belíssimo prefácio a Jorge Costa Santos. A fotografia da capa é da autoria de Emanuel Brás, notável artista e amigo, e é uma representação de uma porta de uma cela do panóptico do Hospital de Conde Ferreira, o segundo hospital psiquiátrico a ser inaugurado em Portugal (1883). Escrevi sobre esta foto num artigo publicado na revista Etnográfica (2006, número especial, pp. 77-8).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: