Gabriela

Edgeworth Johnstone

Edgeworth Johnstone

I

Ela pede a minha demora, a minha atenção.
Abandono falas, apontamentos menos claros,

espessos sonhos, linhas que antecipam
o vazio de palavras, ciladas.

Sento-me a seu lado, escuto, escutarei depois:
pode ser Notenbüchlein für Anna Magdalena Bach,

pergunto, e prevejo a terna desaprovação
do seu olhar míope.

II

Gosto das tuas metáforas.
Essa em que comparas
um guarda-chuva abandonado
a um girassol molhado.
É evidente que podes plantar
metáforas no teu quarto,
mas também
faias,
azinheiras
e até
sequóias.

[13 de Março de 2013]

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: