Monthly Archives: Maio 2014

Uma selva dentro da selva: Gerald Edelman (1929-2014)

Eu era aluno do curso de Antropologia Social do ISCTE. Lembro-me de ter lido então uma entrevista com Gerald Edelman no Público (15 de Novembro de 1991). Foi um dos grandes encontros da minha vida intelectual. Edelman era tão inteligente e heterodoxo que quase se podia pressentir a inquietação dos entrevistadores (Ana Gerschenfeld e José […]

Partes de um mundo: frésias

I Assim as deixei ali, frésias sobre pedra escura, ali, onde a memória não é canção nem sentimento, ali, sobre pedra escura, de tão densa contra o tempo. II Flores brancas sobre pedra se acendendo. Contra o tempo, entrei no pequeno bosque. III Reverenciaria o tema procurado, a enumeração do infinito desgaste, a forma por […]

Homenagem a Samuel Beckett | Juvenilia

Then the true night, perilous too,but sweet to him who knows it, who can open to it like the flower to the sun,  who himself is night, day and night. (Molloy) 1 não o outro lado do espelho esta certeza porém urbana vontade de uma mente à escala da cidade dimensionada a Linguagem ou a […]

Pedro Paixão | DCV – UC | 19 de Maio às 18h

Luiza Neto Jorge | Juvenilia

in memoriam Para que as horas te pesem leves o diabo te encandeie de cidades e no centro das acácias o perigo do gesto que desvenda circula perece [DN Jovem | 15 de Agosto de 1989]

Clarabóia

Sobes a escadaria em espiral em direcção ao gabinete onde trabalhas. Reparas – pela primeira vez reparas – na clarabóia que te vigia. Pouco a pouco, vais reunindo pormenores, o que torna a clarabóia uma improvável geometria suspensa no puro ar: a rede de metal, as células de vidro sobrepostas, a gravitação do pó, a […]