Antropologia das neurociências

[Mestrado em Antropologia Social e Cultural (DCV-UC); 1.º ano, 2.º semestre]

Programa

O programa procura responder, através de uma estratégia que convoca o pensamento de Michel Foucault e alguns dos seus desenvolvimentos mais significativos (Ian Hacking [2002], Paul Rabinow [2003, 2008], Nikolas Rose [2006], e Paul Rabinow [2003, 2008]), o que será uma ontologia histórica do cérebro no presente. Que descontinuidades é que tal ontologia histórica reclama em relação àquilo que me moveu em Mestres da verdade invisível? [Quintais, 2012] Que continuidades?  Como se define o conhecimento em profundidade (ou «savoir», a usar a palavra de Foucault que melhor lhe cabe) acerca do cérebro no presente, será porventura um modo de traduzir as perguntas que formulei antes. Este conhecimento em profundidade não radica nas crenças ou intenções dos sujeitos, mas numa distribuição de regularidades que permite articular o que é proposicionalmente válido.

Uma outra pergunta procede daqui: como é que se fazem «pessoas» a partir do conhecimento em profundidade acerca do cérebro, sabendo-se que modos de descrever objectos contaminam modos de acção. Neste sentido, seguindo Ian Hacking, pensar os modos de descrever o cérebro no século XXI, por exemplo, será um modo de contemplarmos também o modo de fazer pessoas no presente. Estaremos assim particularmente interessados numa «teoria geral» do que é «fazer pessoas» através do conhecimento do cérebro.

Bibliografia

Hacking, Ian (2002) Historical ontology, Cambridge, Massachusetts, Harvard University Press.

Quintais, Luís (2012) Mestres da verdade invisível no arquivo da psiquiatria forense portuguesa, Coimbra, Imprensa da Universidade de Coimbra.

Rabinow, Paul (2003) Anthropos today: reflections on modern equipment, Princeton e Oxford, Princeton University Press.

Rabinow, Paul (2008) Marking time: on the anthropology of the contemporary, Princeton and Oxford, Princeton University Press.

Rose, Nikolas (2006) The politics of life itself: biomedicine, power and subjectivity in the twentieth-first century, Princeton, Princeton University Press.

Rose, Nikolas & Joelle M. Abi-Rached (2013) Neuro: the new brain sciences and the management of the mind, Princeton, Princeton University Press.

Thornton, Davi Johnson (2011) Brain culture: neuroscience and popular media, New Brunswick, New Jersey & Londres, Rutgers University Press.